4.3.13

Vamos então comemorar o dia...Hoje merece isto.Finalizo mais uma etapa do final de uam das minhas missões .Hoje 4 de março de 2013.
A primeira coisa que devo fazer depois de um magnifíco banho é colocar os meus tenis e sair para andar.
Comemorar andando.Parece que os amortecedores deste tenis esta melhor do que os do meu carro.
Quero aproveitar o mes de março porque considero em materia de clima o melhor dos meses em Salvador.O dia esta lindo ,um colorido redondo e" beyond bondaries",sinto um pouco da california ..

Me sento na cama e logo que vejo o travesseiro me dá um leve sono...eu deito e imagino sair de tenis para andar ...exercicio e por 5 mins eu ouço uma voz interna dizer"RISE AND SHINE". e saio correndo.



3.3.13






IMAGINEI HOJE ESTAR LIVRE PARA FAZER UMA SÉRIE DE MUDANÇAS NA MINHA VIDA.
Mas pelo visto não vai dá ...mais um dia ...o  é engraçado e muda tudo será esta a mudança?

Acordei e já fui para o celular e internet.

Numa pausa e outra ,ouço musicas,novas velhas,boas ,péssimas mas ouço para talvez não deixar de ouvi-las por pré conceito.

Tive a impressão hoje que estava tentando me explicar um monte de coisas.

Imagine ..eu para mim mesma explicar alguma coisa ,a xicara caiu ,o copo de agua girou,
a colher sumiu e eu nada falei.

Vou sair  ..tenho que comer .Vou sair e te encontrar quem sabe assim eu me inspiro e para de reclamar .Cadê a mudança dentro de mim?Vazio não esta.Sou a presença de algumas coisa em movimento.
Vou para Passárgada,ali é meu lugar.

25.2.13

Ele disse-venha
Eu disse-:Não
Ele disse-Vá 
Eu disse-Não
Ele me pega pela mão 
Eu saio correndo
Recordo ter escrito para ele e colocado debaixo do travesseiro:
Se voce puder um dia  lembre que alguem lá no fundo de algum orgão do  corpo teve vontade de “apenas estar com voce e voce descartou como um burro ,idiota e medroso.Agora que adianta um venha ,outro vá ou até mesmo uma mão se meu corpo esta longe.Aprendi a te esquecer  vigindo ser adulta.Apenas fingindo mas minha criança ainda lembra..risos...mas esta longe a criançinha.

24.2.13

BUSCA



Revolucionário!   Esta é a palavra chave.Se não conseguimos mudar o mundo de maneira tão doce devemos tentar ser silenciosos mais ainda assim revolucionário.Existem inumeras formas de se conseguir E EU ACREDITO!Ontem conversando com amigos ,me falaram de uma comunidade no sul da Bahia :

ITACARE,Um Centro dedicado à humanidade, à todos aqueles que buscam uma nova forma de viver.PIRACANGA
Entendo que estamos andando em direção errada de certa forma.Conceitos,valores,ideais.
Valores!!Como posso mensurar isto? e porque devo estar mensurando?ter ou não ter valores.
Tudo isto tão discutido ,reclamado e comentado e muito pouco adianta se não houver a AÇÃO  e  AMOR.MUITA GENTE PRECISANDO AMAR E SER AMADO.


Quero entender mais sobre o amor.Esta é uma grande curosidade .Entender não é  a palavra certa ,quero dizer ,melhor  é VIVER  este grande e perfeito estado.

Me jogar sem medo.
Sem prisões ,jogos ,mentiras.Quero confiar em meu ser e INTEIRAMENTE SER.
A SEDUÇÃO É SUSTENTADA POR UM ATO TEATRAL.,FALHO.



Quero sentir a mais pura forma de amôr dentro de mim e caminho com falhas mas tentando me   aperfeiçar nos acertos.é dificil mas só vivendo algumas experiencias vou poder dizer que estou livre para ser inteira.



...Vou indo buscar isto que falo dentro de mim...

22.2.13

Francamente



Francamente falando:
Passei estes ultimos dias sem saber exatamente como e o que escrever aqui nesta telinha...parecia que tinha levado uma super pancada na cabeça de tão tonta que estava ...só queria saber de coisas  que podiam me fazer sorrir,chupar manga,e não ficar triste, não, não, pela terceira vez para enaltecer este momento, pensar  em nada e isto com certeza não funcionava para escrever  mas depois descobri que estava redondamente enganada.Escrever para mim tem muito sabor de diversão ,posso viver quando escrevo e se escrevo assim vivo .Reconheço que estava triste por vários motivos óbvios e sempre que isto acontece sinto a sensação da minha barriga estar cheia de ar.Incrível!!Ela começa a me fazer sentir um balão  a me dizer vamos voar então sinto uma sensação enorme de sair de qualquer lugar por cima sobrevoando só para não ter que enfrentar aqueles momentos "difíceis".



Fui buscar um analista"amigo meu" para tentar resolver estas torturas mentais e ele já iniciou me perguntando o que eu pensava naquele primeiro momento e eu imediatamente respondi que estava confusa sem saber se ao sair dali  eu iria procurar um dentista ,um  mecanico ou ortopedista quem sabe um esteticista ou a ir direto para um aeroporto conhecer uma cidade colorida,foi ai que ele me aconselhou beber bastanbte agua ,relaxar e deixar de pensar em perdas ou erros amorosos  passando a cuidar mais de minha sensibilidade , me pediu para  retornar em 2 anos de cabelos pintados .Na verdade (descobri que falamos muito esta palavra,na verdade e não na mentira)....sentia alguma coisa estranha..ainda sinto mas esta diminuindo...embassada, lá ficava eu  sem vontade ou melhor sem vontade nenhuma de parar para pensar e o + importante sem saber exatamente o que pensar em escrever ,difíceis dias,muiton difíceis....Os dias passavam e eu pensando em uma série de projetos como:conhecer o mundo místico viajando pelas mais fantásticas cidades  misteriosas ,estravagantes e sem fim ,  ser monja por anos no TIbet..(imagine se alguem iria me suportar) ,como poderia terminar minha casa sem aquele monte de homens sujando tudo e inventando um tipo de rede para não cair tanta manga no terreno nem na cabeça dos convidados ,mas nada felizmente aconteceu.

Vou parar um pouco para dizer que agora gostaria mesmo era de ter uma foto igual a de Wood Allen com a mão no queixo..Peço aos amigos para fazer mas não conseguem vou tentando pelo espelho...pura bobagem..mas  isto tambem me diverte...Esta foto para mim tem um significado muito especial: ingenuidade e genialidade.

Um dia esta foto sai igual !!!Vou tentando.ando ando..rsrs

Sedução e perigo...Quem brinca muito acaba sendo o seduzido...Dá prá acreditar?

Devo sair agora e nem segunda feira  é...Cadê a minha programação diaria?Deviam vender no super mercado ."PROGRAMÇÃO DO DIA" Comprem e não tenham trabalho de pensar o que vç tem que fazer para ser humano,EM SALE.

Ops!volto já!!Eu acho ele lindo .Pode ser???




Voltei ! ...da rua e já senti que estou com calor,muito calor, parada e sentido imenso calor do restinho de verão irresistivelmente quente.. não é outra coisa não,nada ligado a hormônio ou similar.. é calor da terra mesmo ...Já bebi 3 litros de agua e ainda sinto sede parece que estou virando uma lua cheia e nem sei se lua tem tanta agua.Quero falar de como me sentia e ponto.Este é o motivo que hoje  escrevo então vou escrever....Me sintia...Ummmmm.Bem....   Sem grandes vontades,desafios ,maldades,nem expectativas coloridas,sinceramente sem dramas,numa pasmaceira tristonha,vulgamente chamada  "UM PORRE".Um dia igual a qualquer  domingo a noite chuvoso e frio numa cidade escura e estranha.Poderia ouvir um jazz antigo tipo Charles Parker ou até Duke Ellington;; como um rock classico levado por Alice Cooper ou Kiss e continuar  nesta mesma sintonia sem balançar um dedinho do pé."sem graça".Ultimamente as coisas que mais me divirtem  são  bobas ,como tomar um café com chantilly ou comer um acarajé  sujando sempre a minha roupa ,sair do salão depois de fazer a unha do pé e já esta borrado,é sempre assim ,e já me conheçendo, absurdamente pago ,saio e riu...As vezes penso que fico me  observando como se fosse uma professora de piano,D.Heremita,para me dar um castigo daqueles...aquela má que sempre que eu errava uma nota  batia em meus dedos e eu chorava...muito..... tocando piano,parecia até emoção mas era dor.Não adiantava estudar tanto solfejo ou teoria ela queria a prática .Sem fazer terapia descobri que este é o grande motivo que sempre choro quando ouço piano por mais de 10 minutos. Me esforço muito para isto não acontecer mas outro dia mesmo fui vIsitar uma cliente e ela lá no seu apt tinha um piano lindo e eu claro...pedi para ela tocar sem me lembrar do desastre que isto causaria .De repente me vem lágrimas saltitantes na minha face das lembranças daquela reguinha  .Acho que a coitada da cliente pensou que eu deveria ser uma recem separada, maltradada, perdida,desesperada, ultra sensível ,algum motivo que sempre deixa agente chorar muito sem ao menos perguntar, POSSO?E eu só pensava em minha carreira de piano,depois de já ter participado de alguns concertos tocando quase inteiramente a "Quarta sonata para piano em MI maior"Bethoven,Bach,Vivalde até Zeca Pagodinho mas o "Mi"  sempre saía "MENOR" 


passei então a me interessar pelo "DÓ" e  viloino,


porque não?O BACH o meu grande idolo.Poderia ser sua discipula number 1,. mas  ai  percebi que andar com violino nas ruas de Salvador seria demais nem METRO temos e no carro não dá é um estrumento muito exagerdo. 





Mas retornando ao piano  descobri que não podia perder meus dedos, sai da escola de piano sem dizer nada a ninguem e não esperava  que alguem notasse minha ausencia ,pura inocência, engano total deixar de imaginar que aquela Pseudo sado desfarçada de professora  me deixasse livre ,logo me entregou indo lá em casa falar com meus pais.Foram dias de castigo e como eu fingia chorar ouvindo Rita Lee , ficar no quarto trancada estudando metafísica era melhor do que ver minha mão sendo atropelada por uma regua afiada.Esqueceram finalmente e minha carreira musical foi agua abaixo apenas por causa de uma professora que resolveu sem perguntar a ninguem ,aplicar uma didática nazista brutal de bater com uma régua dura nos dedinhos de crianças lindas e puras apenas porque erravam os rés ou os fás de vez em quando .Pura louca esta personagem.Decidi ali acabar e vendemos um piano lindo que eu tinha .Entrar na escola de  pintura clássica foi minha próxima escolha mas é papo para outra hora.Agora vou parar por aqui hoje porque já falei muito desta frustada carreira mas acredito qua a pintura chegou ali na minha vida com muita força.Au revoir amanhã tem mais..SE NÃO FOR direto PARA O AEROPORTO.


Imaginem como chorei postando esta musica...Uaru!

21.10.12

CUIDADO SERÁ ?AO AMAR..

Amando agente se torna frágil e contraditório cheio de incertesas e dores.
Alem de sofrer agente pode até morrer...

12.4.12

TORTURA AUMENTA

"Estudos mostram que o Brasil é o único lugar do mundo 


onde os casos de tortura aumentaram, em vez de diminuir 


com o fim da ditadura."



VlADIMIR SAFATLE: 'A DITADURA VENCEU. POR ENQUANTO'.

Um dos maiores desafios da Comissão da Verdade será romper essa blindagem. O primeiro passo é superar a armadilha que consiste em circunscrever a questão da tortura no perímetro das demandas de reparação. Como se fosse um ponto fora da curva, um segmento de um tempo passado. Não é assim: estudos mostram que o Brasil é o único lugar do mundo onde os casos de tortura aumentaram, em vez de diminuir com o fim da ditadura. Portanto, não se trata de uma lembrança ruim de alguns cidadãos.Ela está presente na vida da sociedade, ainda que a opinião pública tenha sido preparada para não enxergá-la. Não por acaso, a Constituição de 1988 no capítulo relativo à segurança nacional é quase identica à lei de segurança nacional da ditadura, de 1967. Não é mera coincidencia. Assim como não o é o fato de grandes empresas conhecidas pelo financiamento à repressão serem hoje protagonistas habituais dos casos de corrupção envolvendo políticos e negócios do públicos. Elas não foram punidas pelo crime na ditadura. Continuaram a trocar favores dentro do aparelho de Estado na democracia. O mecanismo persiste intacto. Essa face da corrupção os conservadores preferem esquecer. Eis aí mais um sintoma da persistencia de questões não resolvidas em nome de uma anistia mútua falaciosa. Como se voce pudesse equiparar quem pegou em armas para lutar contra um regime ilegal, com gente que reprimiu, prendeu e torturou para sustentar um golpe de Estado. Nada disso, porém, deve levar a Comissão da Verdade à armadilha da individualização e do acerto de contas. Que interesse teria hoje prender um general de pijama de 86 anos? Nenhum. Prefiro a solução da África do Sul. Mandela trouxe o tema da tortura e da repressão para o presente, de forma pedagógica. Resgatou práticas tribais do perdão. Nelas o torturador fica de frente para a sua vítima. Ouve dela o relato minucioso dos danos que causou.Então pede perdão. E o ofendido perdoa. É uma aula de democracia e de educação política para as novas gerações e para toda a sociedade. O dia em que o Brasil fizer isso, aí sim, a ditadura terá sido derrotada".
Postado por Saul Leblon às 19:11

1964/2012:'É TEMPO DE MURICI, CADA UM CUIDE DE SI'

1964/2012:'É TEMPO DE MURICI, CADA UM CUIDE DE SI'



O site do jornal O Globo alterna manchetes garrafais que antecipam o funeral político de Demóstenes Torres, até há bem pouco tempo um parceiro, digamos assim, do jornalismo imparcial chancelado pelos Marinhos. A revista Veja, cuja afinidade de propósitos com Demóstenes, segundo consta, poderá ser aferida pela intensa troca de telefonemas entre a alta direção de sua sucursal, em Brasília, e o senador dublê de bicheiro,trata agora o amigo como um defunto contagioso, cujo enterro não pode tardar (leia nesta página: Carta Maior pede ao STF acesso às investigações sobre Demóstenes & seus interlocutores associados).

O Estadão, para arrematar, refere-se a 1964 --que ajudou a eclodir-- como 'o golpe' de 64. Sintomático, a renovação do vocabulário se dá justamente na cobertura do cerco promovido por estudantes a integrantes da ditadura que comemoravam o golpe no Clube Militar, no Rio (leia nesta pág. o blog de Emir Sader). 

Tempos interessantes. Se vivo, possivelmente o coronel Tamarindo, protagonista da Guerra dos Canudos (1896-1897), repetiria aqui a frase famosa: 'É tempo de murici (*uma fruta da caatinga), que cada um cuide de si'. O bordão símbolo da debandada teria sido proferido pelo coronel Pedro Nunes Tamarindo ao constatar a desarticulação total das tropas no ataque a Canudos, após a morte do comandante Moreira César. 

Decorridos 48 anos do golpe militar de 1964, o conservadorismo brasileiro vive, sem dúvida, uma deriva decorrente da implosão da ordem neoliberal no plano externo e de três derrotas presidenciais sucessivas para o PT. Não tem projeto, não tem lideranças --Demóstenes pretendia ser o candidato em 2014; Serra é contestado entre seus próprios pares, como se viu na prévia do PSDB, em SP. É tempo de murici. 

De volta, e afiado, Lula sintetizou bem esse período, personificando-o no declínio do eterno candidato tucano: 'Serra é o político de ontem; com idéias de anteontem'. Mas as safras passam. Cabe ao governo, e às forças progressistas, ocupar o vazio com respostas que não sejam apenas a mitigação daquilo que os derrotados fariam, se não estivessem cada qual cuidando de si. (Leia o Especial deste fim de semana, 'O desenvolvimentismo em debate', nesta pág. E ainda,a entrevista exclusiva de Jean-Luc Mélenchon, candidato da inspiradora síntese realizada pela Frente de Esquerda, que emergiu do descrédito para se tornar a força decisiva no 2º turno das eleições presidenciais francesas,com uma plataforma de rejeição ao neoliberalismo.)
Postado por Saul Leblon às 21:00

NeoCounter